Aproximadamente 3 mil pessoas prestigiam a Fuá no Parque do Mindu neste domingo

A Feira Urbana de Alternativas (Fuá) abriu com sucesso a programação 2019 de eventos voltados para a economia criativa, levando para o Parque do Mindu, no Parque 10 de Novembro, zona Centro-Sul, um público estimado em mais de 3 mil pessoas. Com muita música, dança, teatro, gastronomia, a feira reuniu 75 expositores, oferecendo aos visitantes uma variedade de produtos feitos por artesãos, agricultores e artistas plásticos. “O evento superou as expectativas de público, comparando ao primeiro Fuá do ano passado”, explicou o gestor do Parque do Mindu, José Feitoza.

Segundo ele, o evento já se consolidou junto à população. “Começamos com mil pessoas participando da feira e na última edição de 2018 agregamos mais de 5 mil visitantes numa edição especial de fim de ano”, afirmou o gestor.

A programação de eventos para este ano já está garantida. Até dezembro, ocorrerão 12 edições mensais em parceria com a Prefeitura de Manaus, por meio da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semmas), órgão gestor da unidade de conservação. De acordo com o secretário municipal de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semmas), Antonio Nelson de Oliveira Júnior, o Parque do Mindu estará sempre de portas abertas para as parcerias, seguindo a orientação do prefeito Arthur Virgílio Neto, de aproximar a população desta que é uma dos maiores reservas de florestas urbanas do País. Esta é a 30ª edição da Fuá no Parque do Mindu.

“A feira já está na agenda do manauara e trabalhamos mensalmente para trazer todo primeiro domingo de cada mês uma edição com novidades, resgatando o hábito das pessoas de frequentarem um espaço natural como esse do Parque do Mindu, atendendo também a necessidade de trazer cultura, arte e entretenimento para a população”, afirmou a produtora-executiva da Fuá, Ester Lima.

Segundo ela, a Fuá colhe os frutos plantados ao longo de 2018, abrindo este ano com um grande número de expositores e visitantes. “Temos aqui feira criativa, gastronomia, feira de plantas, shows de bandas independentes, DJs, dança circular, oficina de origami, roda de capoeira, espaço kids e um parque com uma floresta gigantesca num domingo repleto de entretenimento para as famílias”, destaca Ester.

Entre as oficinas oferecidas ao público, estavam a de Produção Literária, com a escritora Débora Menezes; de Bolha de sabão gigante, com Carlos Melk, e Máscaras de Carnaval Ecológicas, com a artista plástica Rosa dos Anjos. Houve também Tenda Zen, feira de livros e vinil, massoterapia e os shows das bandas Erumtrio, Vênus Dance, Nave, banda NTG, Luiza Ribeiro e Caravana Baile. Exposições, além das mostras fotográficas e de artes plásticas de Adriana de Lima, Ellen Gatto, Selma Maia, Gisele Gomes, Eliude Santana, Luciana Nobre e Neilon Batista.

O funcionário público Vitor Almeida aprovou a iniciativa de realização da feira no Parque do Mindu. “É um espaço muito importante para a cidade e que permite essa interação com as diferentes formas de cultura e contribui para o empreendedor informal que está mostrando os seus produtos e desenvolvendo o seu negócio”, disse ele, que visitava a Fuá, pela primeira vez.

Texto: Júlio Pedrosa / Semmas
Fotos: Nathalie Brasil / Semcom

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.