Balcão de Agronegócios da ADS adquiriu mais de R$ 400 mil em produtos regionais no mês de fevereiro

O Governo do Amazonas, por meio do programa Balcão de Agronegócios da Agência de Desenvolvimento Sustentável (ADS), intermediou a venda de mais de 253 mil quilos de produtos regionais e 24 mil maços de hortaliças oriundos da agricultura familiar, em fevereiro deste ano. A ação movimentou um total de R$ 429.137,46 mil, beneficiando produtores rurais de nove municípios do Estado.

O açaí caroço obteve a maior venda intermediada do programa no mês de fevereiro. Ao todo, foram 130 mil quilos da fruta fornecidos para a agroindústria Manaós Polpas, totalizando R$ 247 mil. A demanda beneficiou produtores rurais da comunidade do Novo Remanso, em Itacoatiara.

“O Balcão de Agronegócios é um programa que garante ao agricultor a comercialização da produção rural para grandes redes de supermercados, restaurantes e agroindústrias. A negociação intermediada pela ADS exclui a figura do atravessador e garante qualidade e bom preço para o comprador. É uma iniciativa que ajuda a alavancar a economia do setor primário do Amazonas”, destaca o presidente da ADS, Flávio Antony Filho.

Balcão de Agronegócios da ADS

Os produtos regionais fornecidos no mês de fevereiro foram: couve, alface, banana, macaxeira, repolho, banana pacovã, milho verde, jerimum, abobrinha, pimenta murupi, mamão, abacaxi, goiaba, taperebá, açaí caroço, cupuaçu, castanha, jerimum, batata doce e limão.

Além da agroindústria Manaós Polpas, os alimentos tiveram como destino os supermercados Nova Era e DB, Feira Manaus Moderna e um restaurante em Boa Vista (Roraima), que adquiriu 200 quilos de castanha do Brasil, da Cooperativa dos Beneficiadores de Produtos Agroextrativistas de Amaturá (Coopebam).

Os alimentos intermediados pelo Balcão de Agronegócios são oriundos da produção rural de agricultores e cooperativas do Amazonas, na capital e no interior. No mês de fevereiro, participaram do programa os municípios de Iranduba, Presidente Figueiredo, Anamã, Careiro da Várzea, Novo Remanso, Amaturá, Manaquiri, Itacoatiara e bairro de Puraquequara, em Manaus.