Em Brasília, secretário de Meio Ambiente do AM defende matriz econômica sustentável para Amazônia

O titular da Secretaria de Estado do Meio Ambiente (Sema), Eduardo Taveira, participou nesta quarta-feira (04/09) da Comissão Geral de Preservação da Amazônia, na Câmara dos Deputados, em Brasília. Representando a diretoria da Associação Brasileira de Entidades Estaduais de Meio Ambiente (Abema), Taveira compartilhou os desafios enfrentados pelos governos da Amazônia na defesa da região e destacou a importância de fortalecer uma nova economia que utilize os ativos florestais de forma sustentável.

Na Comissão, o secretário de Meio Ambiente do Amazonas defendeu políticas que conservem os recursos naturais e reduzam os índices de pobreza na Amazônia profunda. “Este é um dos principais desafios postos aos governos da Amazônia, e por isso temos estratégias já em curso para promoção de uma nova economia que, em conjunto com a Zona Franca de Manaus, irão incluir a floresta e seus ativos em uma nova matriz sociobioprodutiva do Estado com impacto direto na melhoria da qualidade de vida da nossa população”, afirmou.

Taveira destacou também as ações realizadas pelo Governo do Estado no combate às queimadas e desmatamento ilegal no Amazonas. Em conjunto com o Exército Brasileiro, mais de 800 pessoas estão atuando no combate às queimadas no sul do Amazonas. Com o fortalecimento das atividades de fiscalização e combate, o Amazonas já apresenta redução dos focos de queimadas e do desmatamento. Nos primeiros dois dias de setembro, o estado reduziu em 24% o número de focos de calor, em relação ao registrado em igual período de 2018.

Participaram da comissão deputados federais, representantes da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), do Ministério do Meio Ambiente (MMA), da sociedade civil e da academia.

FOTO: Divulgação

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.