Amazonas em destaque
Notícias do Estado do Amazonas, Interior do Amazonas

Em três anos, Governo do Amazonas beneficiou pessoas com deficiência com 1.147 cadeiras de roda

Também já foram emitidas e entregues mais de 2.500 carteiras, entre PcD e Ciptea, ambas implantadas durante governo Wilson Lima

O Governo do Amazonas entregou 1.147 cadeiras de rodas para pessoas com deficiência (PcDs), em três anos. As ações foram coordenadas pela Secretaria de Estado de Justiça, Direitos Humanos e Cidadania (Sejusc), que, só no ano passado, realizou 13 mil cadastramentos de acesso a serviços e benefícios socioassistenciais a pessoas com deficiência e suas famílias.

De acordo com a secretária executiva da Pessoa com Deficiência (SEPcD), Lêda Maia, desde 2019, o Governo vem ampliando as entregas de cadeiras de rodas, atendendo pessoas que já aguardavam há mais de seis anos na fila de espera.

“A gente tinha pessoas com mais de seis anos aguardando na fila e a gente conseguiu atender as demandas dessas pessoas. Estamos trabalhando para conseguir que no futuro a pessoa dê entrada e espere no máximo uma semana para ter sua cadeira de rodas, pois é uma necessidade imediata”, explicou a secretária.

Emanoel de Oliveira, de 64 anos, teve uma das pernas amputadas por agravamento do problema de diabetes. Ele recebeu duas cadeiras de rodas do Governo, uma de passeio e outra para o banho.

“O Governo do Estado vem dando assistência para as pessoas necessitadas, e eu me incluo nessas pessoas. Antes era muito horrível para mim, cheguei até a cair umas três vezes, dificultava para eu ir fazer o curativo no SPA. Agora não, muito me facilita”, relatou Emanoel Gomes.

Segundo a Sejusc, somente em 2021, foram realizados 13.365 atendimentos e cadastramentos de acesso a serviços e benefícios socioassistenciais a pessoas com deficiência e suas famílias em todo o Amazonas.

Conquistas – Durante a gestão Wilson Lima, foram lançadas a Carteira da Pessoa com Deficiência (PCD) e a Carteira de Identificação da Pessoa com Transtorno do Espectro Autista (Ciptea). Juntas elas já somam mais de 2.500 emissões entregues.

“Tanto a carteira PCD quanto a carteira da pessoa com transtorno de espectro autista, elas foram implementadas pelo governo Wilson Lima. Só da carteirinha PCD, em dois anos, a gente já emitiu 2.200 unidades. Da Ciptea, que é o documento mais recente, surgido no final de 2021, nós já emitimos 447 carteiras”, concluiu Lêda Maia.

FOTO: Herick Pereira/Secom