Fapeam participa de reunião de acompanhamento e avaliação do Programa de Pesquisa Ecológica de Longa Duração, em Brasília

O Amazonas marcou presença na 11ª Reunião de Acompanhamento e Avaliação do Programa de Pesquisa Ecológica de Longa Duração (PELD), realizada na última terça (1º) e quarta-feira (02/10), na sede do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), em Brasília. Três projetos de pesquisa amparados pela Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Amazonas (Fapeam) foram apresentados no evento, que teve como tema “O PELD e a Divulgação Científica para a Sociedade”.

Como membro do Comitê Gestor do PELD pelo Conselho Nacional das Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa (Confap), a diretora-presidente da Fapeam, Márcia Perales, participou do encontro. Na pauta da reunião, foram apresentadas informações sobre o Programa e a chamada CNPq, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes), Fundações de Amparo à Pesquisa (FAPs) e BC-Fundo Newton n° 15/2016, além de mesa-redonda sobre os desafios e perspectivas da pesquisa ecológica de longa duração.

Destaque foi dado para a Oficina do Segmento Estados, Municípios e FAPs, promovida pelo Centro de Gestão e Estudos Estratégicos (CGEE), da qual Márcia Perales também participou. Dentre os temas debatidos estiveram: como a inovação vai mudar a vida dos estados e municípios, o papel das FAPs na inovação e como disseminar e estimular ambientes inovadores.

Entre os trabalhos apresentados esteva o do pesquisador Jansen Zuanon, do Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (Inpa), intitulado “Diversidade de peixes em resposta a diferentes tipos de manejo em áreas alagáveis da Amazônia: aspectos ecológicos e socioeconômicos”.

Durante o encontro, também foi feita a apresentação dos resultados dos sítios PELD, por meio de sessão de pôster, exposição dos materiais e ações de divulgação científica do Programa.

PELD – Os sítios PELD são áreas de referência para a Pesquisa Ecológica no Brasil. Localizam-se nos mais diversos ecossistemas do país, incluindo áreas preservadas e não preservadas, nos quais são desenvolvidos estudos sobre o tema da Ecologia, que vão desde longas séries temporais de dados sobre os ecossistemas e suas biotas associadas, até pesquisas temáticas de menor duração. Os sítios PELD têm papel destacado na formação de recursos humanos especializados (nível de pós-graduação, principalmente), constituindo polos de nucleação de grupos de pesquisa.

FOTOS: Divulgação