FCecon recebe novos médicos residentes

A Fundação Centro de Controle de Oncologia do Estado do Amazonas (FCecon), órgão vinculado à Secretaria de Estado da Saúde (Susam), recepcionou, nesta sexta-feira, (1º/03), sete novos médicos do Programa de Residência Médica, que atuarão nas áreas de Anestesiologia, Radiologia e Diagnóstico por Imagem, Cirurgias Oncológica e de Cabeça e Pescoço.

A turma foi recepcionada pela diretora do Departamento de Ensino e Pesquisa (DEP), ao qual o programa está vinculado, Kátia Luz Torres, e pelo diretor técnico da Fundação, Marco Antônio Rocha Cruz. Na ocasião, Kátia Torres deu as boas-vindas e passou as orientações sobre o funcionamento do Programa, e Marco Antônio falou sobre a importância do comprometimento dos residentes com o trabalho que será realizado.

A nova turma é formada pelos médicos Edwance dos Santos Góes e Daniella Paula Dias Coelho – Radiologia e Diagnóstico por Imagem; Etelvina Karditsa Cruz Moreno e Samir Solart Cavalcanti – Anestesiologia; Elpídio Magalhães de Carvalho Neto e Diego Henrique Lopes Pires – Cirurgia Oncológica; e Cisa Adrine Silva Salgado – Cabeça e Pescoço.

A residente de Radiologia e Diagnóstico por Imagem, Daniella Paula Dias Coelho, disse que a expectativa é grande em relação ao desafio. Ela explicou que a escolha pela FCecon se deu pela possibilidade de assimilação de novos conhecimentos do ponto de vista da diversidade de casos de cânceres tratados pela Fundação.

“Podemos desenvolver um conhecimento amplo sobre a radiologia e diagnóstico por imagem, além de contribuir com os outros médicos a estabelecer procedimentos e tratamentos adequados ao quadro clínico do paciente. Creio que iremos sair capacitados para exercer a profissão, para isso é preciso esforçar-se e aproveitar as oportunidades”, pontuou Daniella Coelho.

O programa de Residência Médica é realizado por meio de convênio entre as Comissões Estadual (Cermam) e da FCecon (Coreme), conforme estabelecido pelo Ministérios da Educação (MEC) e da Saúde (MS) para formação e capacitação de profissionais médicos. Trata-se de uma modalidade de ensino de pós-graduação instituída pelo Decreto nº 80.281, de 5 de setembro de 1977, sob a forma de curso de especialização.

A Residência Médica tem como objetivo ampliar as áreas de especialização médica no Amazonas. As vagas são disponibilizadas anualmente por meio de edital público e o médico permanece no hospital entre dois e três anos, conforme a área escolhida. Atualmente, o programa conta com 18 residentes.

Melhorias – A Residência Médica existe na Fundação há 14 anos. Desde sua criação, em 2004, o programa tem contribuído com a melhoria da assistência oncológica, na diminuição do número de filas e agilidade nos serviços prestados. Ao todo, já foram formados pela Fundação 36 especialistas nas áreas de: Cirurgia Oncológica, Cabeça e Pescoço, Mastologia, Radiologia e Diagnóstico por Imagem e Anestesiologia.

FOTO: DIVULGAÇÃO/FCECON

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.