Amazonas em destaque
Notícias do Estado do Amazonas, Interior do Amazonas

Governo do Amazonas avança com a construção do hospital público veterinário do Amazonas

Hospital vai oferecer atendimento gratuito de urgência e emergência aos pets

O Governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Estado de Infraestrutura e Região Metropolitana de Manaus (Seinfra), avança com a construção do primeiro Hospital Público veterinário do Estado do Amazonas, localizado na avenida Mário Ypiranga Monteiro, no bairro Parque Dez, na zona centro-sul.

A obra foi iniciada no mês de abril e contempla a construção de um prédio com dois pavimentos, sendo no térreo a recepção, sala de espera, triagem, centro cirúrgico com 11 macas, sala de pós-operatório, sala para raio-X, sala de internação, baias para acomodação dos animais, salas de isolamento, sala de urgência, sala de necropsia, banheiros masculino e feminino para funcionários, dentre outras estruturas.

O andar superior terá hall de entrada, sala administrativa, sala de reunião, almoxarifado, salas de conforto médico, cozinha, banheiros e um auditório. Além disso, o Hospital Veterinário contará com todas as instalações de drenagem e de tratamento de esgoto sanitário e de descarte de resíduos.

O projeto é de autoria da deputada estadual Joana Darc, com emenda parlamentar da autora e do deputado estadual Saullo Viana. O investimento é de R$ 3.717.932,93 e a entrega está prevista para o primeiro semestre de 2023.

Pioneiro no Amazonas, o hospital veterinário visa oferecer atendimento veterinário especializado de urgência e emergência, de forma gratuita, com consultas, cirurgias, exames laboratoriais e internações destinadas aos animais cujos donos não tenham condições financeiras de custear o tratamento em instituições médicas privadas.

O hospital também irá oferecer castração gratuita dos pets e feiras de adoção responsável, visto que atualmente muitos animais se encontram em situação de abandono nas ruas da cidade.

Serviços em andamento
Nesta etapa, estão em andamento os serviços de execução da fundação, compreendendo a escavação, armação e concretagem das sapatas, além da forma, concretagem e posterior impermeabilização das vigas do baldrame. A próxima etapa consiste na elevação da superestrutura em concreto armado e vedação de vãos com alvenaria. A execução segue em obediência ao cronograma físico previamente aprovado.

FOTO: Divulgação/Seinfra