Amazonas em destaque
Notícias do Estado do Amazonas, Interior do Amazonas

Governo do Amazonas avança com a implementação de ações voltadas para a saúde da mulher na rede estadual

Estado tem como prioridade a detecção precoce de câncer de colo de útero e câncer de mama

O Governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Estado de Saúde (SES-AM), avança nas políticas públicas voltadas para a mulher amazonense, no enfrentamento do câncer de colo de útero e câncer de mama, doenças de maior frequência entre as mulheres no estado.

Por meio do programa Saúde Amazonas, o Estado efetivou o Serviço de Diagnóstico de Mama e o Serviço de Referência para Diagnóstico e Tratamento de Lesões Precursoras do Câncer do Colo De Útero (SRC). A intensificação das ações ocorre desde outubro de 2021; e continuam neste mês de janeiro de 2022, na Policlínica Governador Gilberto Mestrinho e no Hospital Delphina Aziz.

As duas unidades de referência atuam de maneira integrada à Rede de Atenção à Saúde das Pessoas com Doenças Crônicas, visando à integralidade do cuidado, com atuação de equipe multidisciplinar formada por médicos, ginecologistas, mastologistas, radiologistas, entre outros profissionais.

Considerada uma das ações prioritárias e estratégicas para o enfrentamento do câncer de colo do útero e mama, o Amazonas garantiu a ampliação da oferta do exame citopatológico para diagnóstico do câncer de colo de útero. A quantidade passou de 72,4 mil para 93,9 mil exames por ano, um incremento de cerca de 30%.

Descentralização – Também foi ampliada a capacidade do estado em realizar o procedimento de conização (retirada de uma porção do colo do útero para biópsia), desta vez no Hospital Delphina Aziz. Essa é a primeira vez que o Estado implanta uma unidade hospitalar de referência para a conização, descentralizando da FCecon (Fundação Centro de Controle de Oncologia do Estado do Amazonas)

A conização é feita quando existe alguma alteração identificada através do exame preventivo e também serve como tratamento, outra prioridade para redução da incidência e mortalidade pelo câncer de colo uterino.

Cirurgias ginecológicas – A SES-AM reduziu consideravelmente a espera para as cirurgias eletivas ginecológicas, após o lançamento do programa Opera + em 2021. A fila reduziu em três meses a demanda por estes procedimentos para agendamento imediato. Atualmente, as pacientes fazem o agendamento e aguardam cerca de 10 dias para a consulta em relação a esse tipo de procedimento. O Hospital Delphina Aziz e o Instituto da Mulher Dona Lindu, juntos, realizam em média 500 cirurgias ginecológicas por mês.

O projeto de ampliação dos serviços de saúde da mulher terá continuidade nos próximos meses. O Hospital Delphina Aziz passa a ser referência na realização de cirurgia de mama, com a oferta em média de 100 procedimentos por mês.

As segunda e terceira etapas envolvem a implantação dos serviços no interior do Amazonas, em municípios de referência nas regiões de saúde. Em parceria com as prefeituras, a SES-AM irá proporcionar a qualificação de profissionais e a estruturação de toda a capacidade instalada.

FOTO: Tácio Melo/Secom