Seas encerra Encontro de Gestores com mostra de experiências exitosas

Relatos de dificuldades enfrentadas e vencidas, além do aprimoramento das ações nos municípios amazonenses, destacadas pelos próprios gestores, marcaram os trabalhos do segundo e último dia do V Encontro de Gestores Municiais do Sistema Único de Assistência Social (Suas), realizado pela Secretaria de Estado de Assistência Social (Seas), em seu auditório. Os trabalhos na manhã desta quarta-feira (24/10) iniciaram com uma Mesa de debates coordenada pela secretária Executiva Adjunta da Seas, Fernanda Ramos, tendo como uma das facilitadoras a diretora do DGSuas, Paula Siqueira.

A Mesa teve como objetivo fazer uma avaliação das visitas técnicas de apoio aos municípios realizadas pelos técnicos da Seas. Os gestores e técnicos presentes no Encontro agradeceram o suporte técnico que têm recebido por parte da Seas, o que, segundo eles, tem ajudado muito na realização das ações do Sistema Único de Assistência Social em seus municípios. O ponto alto dos debates foi a apresentação das principais ações realizadas no período e o sentimento de gratidão por parte dos gestores municipais que expressaram seus agradecimentos.

No decorrer dos debates a secretária Fernanda Ramos disse que a meta da Seas é visitar 25 municípios até dezembro deste ano com essa finalidade. Do total, já foram visitados 17 municípios. “Até o final do ano a gente espera alcançar essa meta”, frisou a executiva, informando que as visitas em Manaus terminam em novembro. “Essas visitas de apoio técnico são muito importantes porque envolvem outras estratégias que a assistência social precisa trilhar”, disse.

Diferencial – Fernanda Ramos informou ainda que as videoconferências têm sido um diferencial na gestão atual da Seas para alcançar os municípios. Ao avaliar os dois dias de evento, a secretária Executiva Adjunta o considerou positivo porque permitiu que fosse feita uma avaliação conjunta com os gestores e técnicos do Suas, que somaram mais de 70 participantes. “A gente já tinha um pré-avaliação, porque em cada visita que fazemos, tanto os técnicos quanto os gestores, preenchem formulários, cujos resultados são tabulados. “A ideia foi abrir o debate para dizer onde acertamos, onde precisamos melhorar. E a gente espera que, de agora para frente, possamos aprimorar nossas ações, inclusive as do próximo ano”, sintetizou.

Espaço aberto – No decorrer dos debates, vários gestores se pronunciaram. A secretária de Assistência Social de Itapiranga, Cristiana Freire, falou de alguns avanços obtidos para os servidores e usuários do Suas no que diz respeito às melhorias de infraestutura. “Por ocasião da visita dos técnicos da Seas no nosso município, após conversas, a prefeita concedeu um prédio da prefeitura que estava desativado para instalar o Cras. Estamos próximos de conseguir um local para funcionar o Creas”, informou.

A coordenadora projetos básicos especiais de Itacoatiara, Mirian Viana, disse que os vários apoios técnicos recebidos por parte da Seas, têm ajudado bastante no trabalho do Suas realizado no município. Conseguimos tirar o Cras do aluguel, inclusive está localizado num local excelente. Por sua vez, a secretária de Assistência Social de Atalaia do Norte, Simone Silva, também agradeceu o apoio recebido, destacando que o sistema Suas está funcionando a contento.

Ao fazer uma avaliação do V Encontro de Gestores Municiais do Suas, a diretora do Departamento de DGSuas, Paula Siqueira, disse que foi um momento para ouvir os municípios participantes. Segundo a diretora, foi possível perceber a importância de ter esse espaço de fala dos gestores para que eles possam fazer a devolutiva deles, assim como, verificar se realmente aquilo que compete à gestão estadual está sendo feito de acordo com a necessidade deles. “Nesses dois dias de evento, a gente percebe que estamos no caminho certo, mas temos muito a avançar”, disse, ressaltando a importância de aprimorar os trabalhos do próximo ano. “Estamos inclusive fazendo propostas de apoio técnico para 2020 e de todas as outras capacitações que os municípios sinalizam necessitar”, concluiu.

Mostra Suas – No período da tarde foi realizada a Mostra Suas, na qual os municípios tiveram a oportunidade de apresentar, em formato de banner, suas experiências de trabalhos realizados dentro do Suas, entre os quais de vigilância, serviços e programas desenvolvidos em seus municípios. Segundo Fernanda Ramos, essa ideia foi lançada pela Seas desde o início desta gestão e foi acatada pelos gestores de apresentar em forma de banner relatos de experiências do trabalho do Suas nos municípios. “A gente chama isso de experiências exitosas do Suas no Amazonas”, disse. O momento foi encerado com a entrega de certificados aos gestores e técnicos dos 40 municípios participantes do Encontro.

Reunião do CIB-AM – O final da tarde foi marcado pela VI reunião da Comissão Intergestores Bipartite do Amazonas (CIB-AM), tendo como uma das pautas principais o Plano da Primeira Infância no Suas, mais conhecida como Criança Feliz. A ideia foi pactuar as metas e aprovar o Plano de Ação de 2019 que já está sendo executado pela coordenação do programa. Esta foi a sexta reunião da CIB-AM, composta por representantes do Governo do Estado e dos municípios. A meta é realizar oito reuniões em 2019.