SOS VIDA, funcionários sem cestas básicas, sem fardamento

O SOS VIDA é um programa da prefeitura Municipal que detém um benefício social grandioso, atendendo de forma efetiva pacientes com moléstias crônicas que precisam fazer tratamento especializado de forma contínua, um sucesso incontestável. Mas a equipe que faz literalmente o programa, todos os meses tem um surpresa desagradável, principalmente com os atrasos na entrega das cestas básicas, que este mês vai para o terceiro mês em atraso, outro problemas, é a falta de fardamento, já faz algum tempo que o fardamento não é reposto, e inúmeros profissionais trabalham diariamente sem fardamento adequado.

Uma outra reclamação comum, é o assédio moral, pois os funcionários, ao fazer indagações a respeito de cestas básicas ou do fardamento, recebem advertência verbal e ameaças constrangedoras.

Para aquelas pessoas que têm a função de sempre mostrar solidariedade, carinho e afeto todos os dias no translado de pacientes, se mostram constrangidos, com a rotina diária de um programa Municipal que é um sucesso inquestionável, mas deveria ser fraternal por completo, respeitando direitos e deveres individuais.

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.